Cabra Montês (Capra Pyrenaica Victoriae)

No Reino da Pyrenaica

   Esta é neste momento a espécie com a mais dinâmica disseminação no Parque Nacional. A Cabra Montês, Ibex Ibérico ou ainda Capra Pyrenaica Victoriae é uma das presas do Lobo Ibérico, encontra-se já presente em todo o Parque Nacional nos maciços acima dos mil metros e raramente é visto em prados expostos salvo nas horas de repasto. 

   Similar à Capra Pyrenaica Lusitanica, espécie que habitou o norte de Portugal e foi extinta no final do século XIX por caça desregrada. Em 1998 através de um erro de cálculo num dos cercados espanhóis, vinte e quatro exemplares começaram a habitar na Serra do Gerês. 

   Todos os anos há tentativas por parte dos fortíssimos loby da caça em Portugal para ser incluída nas espécies com estatuto de não protecção. No entanto o ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas) não tem permitido tal barbaridade.  

   O Ibex-ibérico é uma espécie com acentuado dimorfismo sexual, à semelhança de muitos outros bovídeos. As fêmeas têm cerca de 1,20 metros de comprimento, 0,60 m de altura na cernelha e pesam entre 30 e 45 kg. Tem cornos bastante curtos e parece-se com uma cabra doméstica Os machos podem chegar ao 1,48 m de comprimento e 0,77 m de altura, chegando a pesar 110 kg. Os cornos do macho são notavelmente grossos e podem chegar a ter o triplo do comprimento dos das fêmeas; estão mais separados entre si do que os doutras espécies de Capra. O machos adultos têm também um focinho mais alargado e a típica barba de bode escura debaixo da mandíbula.

   A cor e comprimento da pelagem varia conforme a época do ano, tornando-se mais comprida e acinzentada no inverno. Depois da mudança de pelo entre Abril e Maio, a cor passa a castanho  ou cor-de-canela, com manchas escuras nas partes inferiores das patas, que nos machos adultos se podem estender até aos costados, ombros e ventre. A parte central deste é branca em ambos os sexos, e a cauda é negra e curta, com 12 a 13 cm. A fenologia da pelagem pode ser um dos factores importantes nos ciclos sazonais de alguns parasitas transmitidos por contacto, como por exemplo os ácaros causadores da sarna sarcóptica.

Fotografias de Norberto Esteves

40820cookie-checkCabra Montês (Capra Pyrenaica Victoriae)
0 Shares